Algarbaterias – a energia positiva no sul do País

by on 18 Dezembro, 2017 in Pós-Venda

Algarbaterias – a energia positiva no sul do País

João Colaço, gerente da Algarbaterias recebeu a Revista Automotive para falar sobre o mercado das baterias na região do Algarve e também da importância da sua relação com as marcas Exide e Tudor, visto ter construído uma sólida carreira profissional dentro da própria Tudor em Portugal.

“Importa dizer que por regra, há um maior pico de vendas das baterias em geral nos meses de tempo muito frio e húmido, bem como nos meses onde as temperaturas são mais elevadas e com o clima mais seco. Ao contrário deste quadro tradicional, aqui na região do Algarve, registamos um pico de vendas nos meses de junho até setembro, não somente pela subida das temperaturas, mas sobretudo pelo aumento do parque circulante de automóveis nas cidades do Barlavento e do Sotavento.

Durante os meses de verão, o Algarve triplica a sua população, e o número de viaturas a circular também cresce de forma exponencial. Para além das viaturas utilizas pelos veranistas, também há um aumento das viaturas de rent-a-car, bem como de viaturas de serviços de entrega para as unidades hoteleiras, restauração, grandes superfícies, centros comerciais, e comércio em geral.

Este pico de negócio, gera uma maior movimentação de viaturas ligeiras, comerciais, pesadas de mercadorias, autocarros, e também de autocaravanas e motas. Assim, há uma maior procura por baterias nestes meses de verão onde a nossa empresa naturalmente também regista um acréscimo nas vendas e nas solicitações de assistência técnica dos nossos clientes.

Negócio em expansão

Com o tempo mais ameno que estamos a atravessar e face a uma maior concentração de turistas na nossa região, notámos que o mês de outubro também registou um aumento de vendas de baterias, praticamente em todas as áreas, dos automóveis aos camiões, das baterias estacionárias, de barcos e de motos em geral.

O papel da Algarbaterias é ser o distribuidor autorizado das marcas Exide e Tudor, o que significa dizer que temos uma responsabilidade muito grande, visto que estamos a falar de um grupo multinacional de elevada reputação e cujas marcas têm uma elevada quota de mercado em Portugal. Assim, comercializamos e distribuímos as baterias para 4 grandes revendedores localizados em Olhão, Tavira, Faro e Ferreira, que posteriormente garantem o atendimento às empresas de reparação das diversas regiões do Algarve”, ressaltou. Mudança de comportamento

O mercado das baterias mudou, decorrente da natural evolução da indústria automóvel. No passado, era comum fazermos a manutenção das baterias de três em três meses, mas com a evolução do próprio produto e também das viaturas de um modo geral. Entretanto, este tipo de comportamento por parte dos automobilistas veio se alterar, sendo que atualmente já não se realizam a troca das baterias por antecipação, mas muitas vezes apenas por necessidade decorrente de uma falha do produto ou de uma avaria.

A Algarbateria tem por isso uma função estratégica para as marcas Exide e Tudor em toda a região Algarvia. É comum as viaturas sofrerem um maior desgaste na travessia do Alentejo e, quando cá chegam, necessitam efetuar a substituição da bateria. Também é um facto de que, com mais turistas e maior consumo de bens e serviços, há um maior número de viaturas de frotas e de camiões a servirem as cidades do Algarve, o que também potencializa o consumo das nossas baterias.

O nosso negócio de vendas e distribuição de baterias é bastante diversificado, indo desde o mercado automóvel, até ao setor industrial, com baterias estacionárias, unidades de comunicações móveis, empilhadores, e também para o setor das energias eólicas.

Evidentemente que o setor automóvel continua a ser o nosso grande consumidor de baterias, a par dos camiões e das motos. Para estes clientes, garantimos a assistência técnica com os nossos profissionais e, nos casos mais complexos, contamos sempre com o apoio da fábrica da Exide-Tudor em Castanheira do Ribatejo.

Fidelização à Tudor

A história da Algarbaterias confunde-se com a minha carreira profissional, visto que comecei a trabalhar na fábrica da antiga Tudor por volta de 1988, ou seja, há quase 30 anos atrás, tendo atuado na área comercial por cerca de 15 anos. Foi a minha grande escolha e ainda hoje mantenho uma relação de proximidade com os profissionais da fábrica de Castanheira do Ribatejo.

Por outro lado, quando a Tudor procedeu à alteração da sua rede de distribuidores, foi-me concedida uma licença de distribuidor autorizado, dando assim início às atividades da Algarbaterias, que já tem 15 anos de existência, sempre na mesma sede. Nas nossas instalações em Faro, concentramos os serviços administrativos, a parte das vendas, de assistência técnica, armazenamento e logística de distribuição, que é assegurada por 2 viaturas próprias, adaptadas para este serviço. Realizamos distribuição diária para diversas cidades do Algarve sendo muito comum efetuarmos a entrega de uma ou duas baterias a distancias superior aos 50 km, sobretudo quando se trata de socorrer a frota de uma determinada autarquia.

A Tudor, por ser uma marca centenária no nosso país, conquistou uma grande reputação no mercado das baterias em Portugal, tendo uma enorme notoriedade em qualquer região ou segmento de mercado. A força da sua marca e do seu produto, vem sendo transmitida de geração em geração. Hoje, mesmo os automobilistas mais jovens conhecem a qualidade das baterias da Exide-Tudor.

Tecnologia

Para além do bom nome e imagem de marca, a Exide-Tudor foi pioneira na introdução de baterias com tecnologia start-stop no mercado automóvel mundial. A própria construção das baterias evoluiu do polipropileno e chumbo para a utilização do carbono, mantendo a qualidade, aumentando a longevidade do produto, reduzindo ao mesmo tempo o seu peso e a pegada ecológica.

Também as baterias são cada vez mais especificas para equipar uma determinada marca ou modelo automóvel. É um produto essencial para o funcionamento do automóvel, sobretudo em termos de conformo e de suporte aos sistemas ativo e passivo de segurança. Antes as baterias tinham a função básica de arranque do motor e de ligação do autorrádio. Agora, há uma maior solicitação das baterias, não apensas pelo sistema start-stop, mas também pelos sistemas de segurança e maior conectividade.

Graças ao apoio que temos da marca, o nosso stock está sempre completo, sendo abastecido a partir da fábrica, de 15 em 15 dias, normalmente com a entrega de 23 paletes de baterias.

De referir também que fazemos parte da rede GVB, pois somos ponto de recolha de baterias usadas no Algarve, certificados pela Agência Portuguesa do Ambiente, e dispondo de todos os equipamentos/estruturas necessárias para o armazenamento das baterias usadas.

Futuro

A Algarbaterias, face à ligação às marcas Exide-Tudor e ao trabalho série e honesto que tem vindo a desenvolver, também conquistou o seu espaço e uma boa reputação junto aos nossos revendedores, empresas de reparação, autarquias, frotas e aos clientes de um modo geral. Representamos uma marca histórica; comercializamos e distribuímos um produto essencial para a mobilidade e segurança automóvel; com garantia e assistência técnica incluídas.

Por tudo isto estou confiante no futuro do nosso negócio, apesar das ameaças da concorrência desleal das baterias low-cost, sem qualidade e sem garantia, bem como da pressão que o Estado tem vindo a fazer para a compra de viaturas elétricas. Acho que mais seria mais assertivo se as nossas autoridades investissem numa maior fiscalização das baterias low-cost que andam à venda em Portugal, para o bem do cliente e garantia geral dos automobilistas”, salientou João Colaço.

Print article

WP to LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com