Hyundai pretende crescer no mercado das frotas em Portugal

by on 8 Junho, 2017 in Frotas

Hyundai pretende crescer no mercado das frotas em Portugal

Quase dois anos após a mudança de importador em Portugal, a marca Hyundai começa a dar mais atenção ao mercado empresarial, no sentido de reposicionar a sua imagem e ao mesmo tempo dar a conhecer uma gama de produtos que tem vindo a ser renovada com maior intensidade.

Depois da apresentação mundial em Genebra do modelo i30 CW, uma carrinha para o segmento C, a Hyundai tem planos para apresentar um novo SUV em Portugal, de nome Kauai, para o segmento B, e também dinamizar a sua estratégia no lançamento de viaturas ambientalmente mais evoluídas baseada nas versões hibridas, Plug-in e elétrica do seu modelo IONIQ.

Ricardo Lopes, responsável de marca da Hyundai em Portugal, falou em Genebra com a Revista Automotive, para dar a conhecer a estratégia e a forma como o atual importador pretende reorientar as suas vendas para o setor das frotas, com foco sobretudo nas pequenas e médias empresas procurando alavancar as vendas dos seus veículos comerciais, tais como o I-20 Van, a H-1 e o H-350, entre outros.

“Apesar de estarmos a registar um crescimento sustentado das nossas vendas em Portugal, a realidade é que ainda estamos muito longe dos percentuais de venda às empresas que, em média, já se situa acima dos 60%. Neste importante mercado, as vendas da Hyundai são da ordem dos 17%, o que significa dizer que há margem para crescermos no setor das frotas, sobretudo junto às pequenas e médias empresas.

O objetivo de alcançarmos vendas de 3900 viaturas em Portugal em 2017, seguramente somente será atingido se conseguirmos evoluir as nossas vendas no setor empresarial, visto que estamos a falar de uma alavancagem de mais de 1300 viaturas, face aos nossos números de 2016, quando comercializámos 2651 unidades. Isto exigirá desenvolvermos uma nova estratégia negocial, para crescermos no mercado das frotas.

Para além desta nova forma de estar e de uma nova estratégia negocial para o mercado das empresas, também é preciso que haja uma gama de produtos condizente com as novas necessidades destes clientes. Neste domínio, joga a nosso favor o facto de termos lançado em finais de 2016 uma gama de viaturas comerciais com base no i-20 Van, nos furgões H-1 e H-350, produtos evoluídos e com características técnicas orientadas para o cliente empresarial.

Mas não podemos ficar somente pelas viaturas comerciais e, atendendo às tendências de compra do cliente português, estamos a lançar a carrinha do i-30, sendo que o nosso objetivo, neste ano de 2017, será vendermos 1030 unidades do i-30, distribuídos entre modelos berlina e carrinha. As primeiras viaturas da carrinha do i-30 começam a chegar a Portugal em junho, com o programa de vendas a decorrer ao longo do segundo semestre deste ano.

Adicionalmente, estamos a reestruturar a nossa rede de concessionários em Portugal e a investir em melhores espaços, imagens, recursos humanos, formação das equipas comerciais e do pós-venda procurando, sobretudo, desenvolvermos uma nova mentalidade de atendimento e forma de estar, para atuarmos com qualidade e assertividade junto do cliente empresarial.

No tocante às novas tecnologias, a Hyundai também evoluiu muito nos últimos dois anos e a face mais visível desta mudança é o modelo IONIQ, a única viatura que apresenta três tipos diferentes de motorização a partir da mesma base, ou seja, com propulsão híbrida, Plug in e 100 elétrica. É um carro que nos permitirá concorrer às frotas do Estado, e também em determinados nichos empresarias.

O IONIQ é um carro ideal para as empresas, pela sua multiplicidade de motorizações, espaço, autonomia e benefícios fiscais. Neste momento já temos à venda o hibrido. A versão elétrica, com 250 km de autonomia chegará em finais de maio deste ano e, logo a seguir, lançaremos o modelo Plug-in. A Hyundai quer ser a número 1 na Europa em termos de marca asiática até 2021 e, para tanto, vai lançar ou renovar, cerca de 30 modelos.

2017 será um ano de muitos desafios, mas também de muitas oportunidades e novidades para a marca Hyundai. Com um gama de veículos comerciais com garantia entre os 3 e os 5 anos, sem limite de quilometragem, e a melhoria do valor residual da marca em Portugal, estamos muito confiantes de que iremos crescer no em Portugal junto às empresas, setor estratégico para a nossa marca”, enfatizou Ricardo Lopes.

Print article