Kodiaq – Polivalência para as frotas

by on 26 Janeiro, 2018 in Frotas

Kodiaq – Polivalência para as frotas

Kodiaq – Polivalência para as frotas

Com uma imagem discreta, a Skoda continua a ter uma gama de produtos de qualidade comprovada em vários países europeus. O seu modelo Kodiaq, por exemplo, com menos de um ano de vendas no nosso país, já deu demonstrações de que tem qualidades suficientes para ocupar uma maior quota no segmento dos SUV. Assim, e para diferenciar-se de alguns concorrentes mais diretos, a marca tem dado ênfase à questão dos baixos custos de manutenção do modelo, determinantes para uma boa aceitação nas frotas.

A Revista Automotive percorreu algumas estradas do nosso país para conhecer um pouco mais as potencialidades deste SUV e também recolher as impressões de alguns empresários. Registamos aqui apenas uma empresa multinacional com frotas, mas que resume de forma concisa o impacto que o Skoda Kodiaq poderá ter junto do cliente profissional.

O resultado acabou por ser positivo, visto que este modelo revelou ter um conjunto de soluções tecnológicas, motorização, equipamentos e qualidade geral de construção garantidas pelo Grupo Volkswagen, fatores valorizados pelos clientes do mercado empresarial.

À descoberta do Kodiaq

Passando à descrição do modelo: nota-se que a marca investiu no desenvolvimento de um SUV onde o espaço a bordo sobeja; com um ambiente harmonioso, confortável e ergonómico, tanto para o condutor como para os passageiros, dispondo de uma luminosidade interior que transmite uma agradável sensação de liberdade em qualquer dos seus 7 lugares.

A versão analisada, equipada com motor 2.0 TDI de 150cv Style e caixa de velocidades DSG, apresenta um vasto equipamento de série, entre os quais: airbag de joelho, lateral, traseiro, dianteiro e de cortina; apoio lombar nos bancos dianteiros; assistente de travagem de emergência; câmara traseira; cortinas laterais traseiras; cruise control com speed limiter; controlo eletrónico de estabilidade;  sensores de parqueamento à frente e atrás; para além do muito funcional sistema de infotainment com navegação Amundsen.

A palavra do cliente

Feitas as apresentações iniciais, levamos o Skoda Kodiaq para “dentro” de uma empresa com frotas, no caso concreto, a Europastry, um fabricante espanhol de massas ultracongeladas, com uma unidade localizada no Carregado, onde conta com uma produção acima de 6 mil toneladas de pão, pastelaria, croissant artesanal, pastel de nata e empada de frango, destinadas a consumo interno e exportação para a Europa, entre outros destinos.

Mesmo diante de uma agenda profissional “apertada”, Jorge Amado, diretor geral da empresa em Portugal e seu diretor comercial, Filipe Canário fizeram, a convite da Revista Automotive, um primeiro contacto com o Skoda Kodiaq, modelo que já tinham interesse em testar há algum tempo, mas que, por imponderáveis de comunicação com a marca, não foram bem-sucedidos.

“Somos clientes frotistas da marca Skoda, e no ano passado, compramos 8 viaturas SuperB Break através do concessionário Soauto. Apesar de já termos alguma relação comercial com a marca, tínhamos alguma expectativa de conhecer mais de perto o modelo Kodiaq, o que veio a acontecer através da Revista Automotive”, destacou Jorge Amado, diretor geral da Europastry Portugal.

“Do ponto de vista da imagem de marca e da qualidade geral dos modelos que adquirimos, o feedback que temos dos nossos comerciais é positivo. Quanto ao Kodiaq, tendo em conta que dispõe de uma plataforma modular e o rigor de construção do Grupo Volkswagen, é um modelo que tem todas as condições para ocupar o seu espaço dentro do mercado empresarial.

Estamos diante de um veículo verdadeiramente polivalente que, pelas suas características de construção, está adequado tanto para uma utilização profissional, como familiar e também de lazer. Gosto das suas linhas exteriores, do desenho da grelha, do amplo espaço interior, do painel e do posicionamento dos bancos e, sobretudo, da sua ampla bagageira”, destacou Jorge Amado.

Por sua vez, Filipe Canário, destacou a fiabilidade da marca e o potencial baixo custo de utilização que é um fator muito importante para uma empresa. “Os nossos comerciais percorrem muitos quilómetros por dia, visitando clientes e fornecedores. Assim, necessitamos de viaturas ágeis, seguras, confortáveis, económicas e conectadas com os serviços da nossa fábrica. Com base nos modelos SuperB Break que já utilizamos, acreditamos que o Kodiaq, tem condições de singrar nas frotas”, destacou.

Print article

WP to LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com