MANN+HUMMEL equipa o primeiro veículo neutro em emissões

by on 29 Janeiro, 2018 in Ensaios / Assessment

MANN+HUMMEL equipa o primeiro veículo neutro em emissões

A Automotive foi convidada a testar na Alemanha, o mais recente modelo da StreetScooter, que teve uma evolução positiva graças à MANN+HUMMEL.

A StreetScooter é uma marca de veículos elétricos pertencente ao Grupo Deutsche Post DHL, que juntamente com a MANN+HUMMEL apresentaram o primeiro veículo elétrico totalmente neutro em emissões.

Hoje em dia, mais de 5000 veículos elétricos de distribuição urbana da marca StreetScooter utilizados pelo Grupo Deutsche Post DHL evitam a emissão para o meio ambiente de quantidades consideráveis de gases nocivos, como o dióxido de carbono e o óxido de azoto, e também ruído.

No entanto, os veículos elétricos também libertam partículas para a atmosfera devido à abrasão da estrada, aos travões e aos pneus e, portanto, não estão livres de emissões. Esta é uma tarefa que o especialista em filtragem MANN+HUMMEL abordou agora com o seu filtro de partículas de pó finas. Graças ao uso do filtro, o balanço geral do veículo em relação à libertação de partículas é agora neutro. O filtro retém as partículas de pó libertadas pelos travões e pneus.

Funcionamento do filtro

Estão instaladas ventoinhas que dirigem o ar ambiente para os filtros. A posição de instalação do filtro na parte inferior da carroçaria é prática, porque não ocupa espaço de carga, e é justamente o local onde se encontra a maior concentração de partículas nocivas de um veículo.

Todos os filtros de partículas estão equipados com sensores que permitem a supervisão em linha da eficiência dos sistemas. Aqui a MANN+HUMMEL regista informações sobre o rendimento de filtragem, a quantidade de ar limpo, a concentração de partículas e os dados meteorológicos. Os dados são enviados depois para um sistema informático, são visualizados através de uma interface web e depois são avaliados por especialistas em filtragem.

Alfred Weber, CEO da MANN+HUMMEL, referiu na ocasião da apresentação que “a união do maior fornecedor logístico, o maior fabricante de veículos comerciais elétricos da Alemanha e o especialista em filtragem a nível mundial, tornou possível operações de distribuição e movimentação, em centros urbanos neutras em termos de emissões”.

Achim Kampker, CEO da StreetScooter, elogia a melhoria adicional pois, “com estes novos filtros de partículas de pó finas da MANN+HUMMEL podemos aperfeiçoar mais o rendimento ambiental dos nossos StreetScooters. Estamos maravilhados de participar neste projeto e ser pioneiros no que se transformará numa tendência muito importante”.

Teste do veículo

Eduardo Gaspar, diretor da Automotive, testou o StreetScooter e faz a sua avaliação:

“Antes de mais é preciso contextualizar, o construtor StreetScooter está vocacionado para a fabricação de veículos elétricos para frotas, tem portanto uma abordagem 100% empresarial. Esse foco é importante, pois materializa-se em tudo o que o construtor faz, e em todos os pormenores dos modelos que produzem.

Testamos o modelo chassis-cabine WORK, que é uma versão mais curta do modelo WORK L utilizado pela Deutsche Post DHL nas suas entregas urbanas. A estética do WORK transparece de imediato o caráter de praticidade e robustez do veículo, com os para-choques frontais em plástico sem pintura, e onde os parafusos de encaixe estão à vista. Apesar disso, a estética até é agradável ao olhar, especialmente porque escolheram propositadamente, para o teste, um carro com a cor do nosso logotipo!

Em termos de interiores, é bastante austero no aspeto – com plásticos duros no tablier – mas muito completo em termos de funcionalidade. Vem equipado com rádio e sistema de navegação Parrot com touchscreen; ar condicionado com três saídas (inferior, central e para-brisas); aquecimento de bancos; vidros elétricos para condutor e passageiro; tomada 12volts e entrada de USB.

Ao entrarmos no carro e fecharmos verificamos que todos os componentes do veículo foram projetados para serem leves, utilizando para tal ligas de alumínio e plásticos, que conferem uma sensação de fragilidade no primeiro contacto. Ao iniciarmos o percurso essa sensação desvanece, percebe-se que é um carro robusto na dinâmica da estrada. Não existem ruídos dos componentes – tablier, portas, tejadilho, entre outros, estão todos bem encaixados e prontos para o trabalho diário.

Condução confortável

Quanto à condução, destaque para o conforto do banco, insonorização da cabine e da facilidade de compreensão de todos os sistemas. O volante é pequeno e duro como num Kart. A visibilidade é excelente, graças à boa posição de condução, mas também aos espelhos retrovisores grandes que permitem uma permanente consciência do tráfego à volta, sendo também uma mais-valia em manobras apertadas na cidade.

A reação do motor ao acelerador é imediata e a bateria de 20KW é suficiente para o trabalho que se pretende. Quanto à velocidade, o WORK está eletronicamente limitado a 85km/h, mas visto que tivemos acesso a testar um veículo “desbloqueado”, conseguimos atingir os 116km/h. A recuperação de energia faz-se assim que retiramos o pé do acelerador, onde o veículo reduz a velocidade e acende as luzes traseiras de travagem. Este aspeto é importante porque a maior parte dos carros elétricos reduzem bastante a velocidade quando estão a gerar energia, mas não acendem as luzes traseiras de travagem, o que pode resultar em acidentes, dependendo do veículo, a redução de velocidade é considerável.

Autonomia e capacidade de carga

No âmbito da autonomia, o WORK tem 85 km reais (testados pela Deutsche Post DHL) sendo que o painel de instrumentos não mostra a autonomia em quilómetros, mas sim em percentagem de carga da bateria. Os estudos da Deutsche Post demonstraram que essa tipologia de visualização evita o “pânico da autonomia” que por vezes ocorre nos condutores dos carros elétricos.

Com uma capacidade de carga útil de 740 Kg, o StreetScooter WORK é um carro de trabalho ajustado às características das frotas urbanas das cidades europeias, sendo que a melhoria introduzida pela MANN+HUMMEL permite que as frotas tenham um veículo neutro em emissões para o ambiente”.

Quanto aos preços, a versão testada pela Automotive do WORK situava-se nos 38.000 euros e o modelo WORK L em cerca de 46.000 euros, para uma capacidade de carga de 960kg. Ambos os preços são para o mercado Alemão (com IVA a 19%).

Print article

WP to LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com