Norauto – reconhecimento do valor dos seus profissionais

by on 6 Julho, 2015 in Pós-Venda

Norauto – reconhecimento  do valor dos seus profissionais

Entrevista a Fernanda Correia, Diretora de Recursos Humanos

“Dentros das várias práticas internas de recursos humanos, efetuamos inquéritos de clima social/organizacional e de forma regular ouvimos os nossos colaboradores. Por outro lado criamos um grupo de trabalho sobre remunerações para compreender o posicionamento da Norauto no mercado. Em alguns indicadores sentimos que seria positivo mudar, tornar mais atrativo ou mais reconhecido para os colaboradores. Formou-se assim o projeto “Satisfação e Comprometimento”, no sentido de haver uma maior satisfação dos nossos colaboradores, mas também retorno dessa satisfação através dum maior comprometimento deles para com os clientes e com a empresa. Este projeto vai ter três etapas, em Março realizou-se a primeira, depois em Outubro e por fim em Novembro.

Nesta primeira etapa implementamos quatro ações.

A primeira foi uma nova grelha salarial, onde os colaboradores podem saber quais os patamares mínimos de remuneração de cada função e até onde pode ir essa remuneração em função das competências que os trabalhadores têm ou podem vir a ter. Essa nova grelha salarial posiciona a Norauto acima da média do mercado em termos remuneratórios, sendo que abrangeu grande parte das nossas equipas. É um investimento com um impacto bastante positivo.

A segunda ação foi o aumento do salario mínimo de admissão porque queremos ser diferenciadores face ao mercado, quer da área automóvel quer no retalho/grande distribuição. Aumentamos assim o vencimento das equipas quer ao nível da loja, quer da oficina.

A terceira ação foi criada em resposta a uma necessidade agudizada pela crise: a transformação dos contratos a termo certo, para contratos sem termo. Entendemos que num momento em que as famílias passam por incertezas e existe cada vez mais instabilidade no mercado de trabalho, era importante proporcionarmos mais confiança, estabilidade e um vinculo maior com a empresa. Passamos os contratos a termo certo que tínhamos para contratos sem termo e a partir deste momento fazemos as novas contratações também sem termo. É um passo que implica um comprometimento grande e uma avaliação muito mais próxima dos recrutamentos que fazemos. Estamos seguros que vai trazer resultados positivos.

A quarta ação foi a alteração da política de férias através de uma maior facilidade em agendar férias em qualquer período do ano e existindo ainda a compensação através de um prémio no caso das férias serem realizadas nos períodos de menor intensidade de negócio

Todas estas medidas visam a criação de um maior elo entre a Norauto e os seus colaboradores, garantindo a sua satisfação e permitindo-lhes ter um vínculo de maior estabilidade profissional o que terá reflexos positivos também na esfera pessoal. Após o investimento em recrutamento, integração e formação das equipas pretendemos que este seja mais um passo para a sua fidelização. Paralelamente acreditamos que através de um maior nível de satisfação e comprometimento existirá um maior sentido de orientação para o cliente e para os objetivos da empresa, existindo assim uma estratégia de negócio completamente alinhada”.

Leia o artigo completo na edição impressa da Revista Automotive nº23

 

Print article