Qual é a minha carga?

by on 30 Janeiro, 2018 in Pesados

Qual é a minha carga?

Uma carga diferenciada, delicada e valiosa sob todos os pontos de vista é a carga da Rangel Logistics Solutions nos exemplos que ilustramos em fotografia. Se não vejamos, resumidamente:

A Feirexpo, unidade do grupo Rangel especializada em logística para obras de arte, exposições e feiras, teve a seu cargo a montagem das 250 peças que integraram a Nova Galeria de Pintura e Escultura Portuguesas, no Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa. Entre 4 e 6 técnicos especializados estiveram envolvidos, um trabalho de grande minúcia e responsabilidade, uma vez que estão em causa obras de arte de grande relevância nacional e internacional, algumas nunca antes vistas pelo público.

A transferência dos coches para o seu novo espaço implicou num processo de mudança de 70 carruagens que estavam em Belém e no Paço Ducal de Vila Viçosa. Cada coche foi embalado com polietileno e cintado com filme, movimentado até à porta do museu e depois foram transportados em semirreboques de caixa aberta ou fechada de acordo com as condições climatéricas e os requisitos de cada peça.

Coube também à Feirexpo, retirar a escultura em mármore que representa o D. João VI, do seu pedestal no Hospital da Marinha e transferi-la para a coleção do Museu Nacional de Arte Antiga. O trabalho consistiu em retirar a escultura de D. João VI, com algumas toneladas. Foi necessário criar à sua volta um pórtico que permitisse a sua saída de forma equilibrada, descê-lo da altura a que se encontrava e embalá-lo convenientemente, em caixa previamente construída, tendo em conta as suas características, e foi transportado já no interior da mesma. É um trabalho de precisão, muito técnico e de complexidade extrema, que envolveu a equipa Feirexpo durante dois dias, uma equipa de construção de estruturas metálicas, empilhadores e camião-grua.

A Rangel também fez o transporte de mais de 200 obras de artistas nacionais para a exposição ‘Portugal Portugueses – Arte Contemporânea’, para o Museu Afro-Brasil, em São Paulo. Durante aproximadamente um mês, foi feita toda a operação logística como: a recolha em diferentes locais, galerias e artistas, a preparação, embalamento e transporte. Esta operação exigiu o estudo ao pormenor das embalagens e transporte destas obras, de acordo com as características de cada uma, tendo em conta vários fatores e garantindo a segurança das peças. Foram para isso construídas várias caixas de madeira adaptadas às diferentes dimensões e formatos das obras participantes. O transporte foi distribuído por 4 voos, dois deles cargueiros, que viajaram até ao Brasil, com obras de pintura, escultura, fotografia e instalações de vários artistas.

“São projetos desta natureza que nos mantêm na liderança dos transportes de obras de arte de Portugal para o Mundo, onde a FeirExpo apresenta sempre solução à medida e com respostas seguras e eficientes”, salienta Nuno Rangel, CEO da Rangel.

(imagens: Rangel)

Print article

LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com