Scania – motor de 7 litros é novidade na gama

by on 23 Agosto, 2019 in Pesados

Scania – motor de 7 litros é novidade na gama

A Scania apresentou o seu novo motor diesel de 7 litros em Portugal, para aplicações na distribuição urbana.

A diminuição dos motores para utilização urbana tem sido uma tendência nos camiões. A Scania segue essa transformação, disponibilizando agora uma motorização de 7 litros (6 cilindros em linha), com potências entre os 220 e os 280Cv, e binários entre os 1000 e os 1200Nm. O objetivo da marca é disponibilizar uma alternativa mais leve e com menores dimensões, face aos motores 9 litros.

Denominada DC07, esta nova gama de motores está disponível para as cabinas P e G, com especial vantagem na cabina G onde, pelas suas dimensões reduzidas, permite uma maior mobilidade urbana. Face aos motores de 9 litros, os DC07 têm uma redução de peso de 360 kg (aumentando assim a capacidade de carga dos camiões), e uma diminuição no consumo combinado até os 10lts/100km.

Os motores DC07 deverão estar disponíveis no próximo ano para as cabines L, cabines essas que têm a particularidade de terem o posto de condução à frente do eixo dianteiro, o que possibilita uma proximidade ao solo muito reduzida. Naturalmente que essa especificidade, tem o seu custo associado.

Silêncio

Eduardo Gaspar, diretor da Revista Automotive, testou nas estradas de Vialonga e Alverca do Ribatejo, esta nova motorização, e aqui dá a sua visão da condução. “O veículo utilizado no teste foi o modelo P280, de dois eixos e com caixa frigorífica, sendo o camião mais indicado da gama Scania para a utilização urbana.

Em termos de performance, o motor de 7 litros é capaz de cumprir com todas as exigências que os percursos urbanos têm, com a especial vantagem de ser muito silencioso. Este ponto é importante, tanto para o conforto do motorista, mas mais ainda para os habitantes das cidades que convivem com a distribuição de produtos, em diferentes horas e todos os dias.

A caixa de 8 velocidades Opticruise deste Scania P280 era robotizada, mas pareceu que era automática, dada a rapidez e suavidade com que geriu as passagens de caixa. Realizei várias manobras em cidade, e verifiquei que a cabine P tem uma boa visibilidade, tanto dos peões como do ambiente à volta do camião.

Uma ajuda preciosa na circulação, foi o sistema de câmaras 360 º (com ecrã específico na cabine!), que permite uma visualização quase que total do que se passa à nossa volta, bem como efetuar manobras mais precisas nos mais diversos locais”, salientou Eduardo Gaspar.

Com uma nova gama de motores, a Scania disponibiliza um diversificado número de opções, que vão dos 7 aos 16 litros, indo de encontro às solicitações dos clientes (transportadores!), contando agora um modelo mais atual e versátil, num segmento – distribuição urbana – onde tem um histórico ainda pouco expressivo, quadro que pretende reverter e, se possível, tornar-se uma referência também nesta tipologia de camiões.

Print article

WP to LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com