IVECO renova instalações em Gaia

by on 24 Junho, 2021 in Pesados

IVECO renova instalações em Gaia

Exatamente um ano após assumir a gestão da concessão anteriormente ligada ao Grupo Gocial, a IVECO Portugal inaugurou as renovadas instalações da sua unidade em Vila Nova de Gaia. Investe numa substancial melhoria do espaço, equipamento oficinal, stock e logística, com o claro objetivo de fortalecer os serviços de pós-venda da marca na região norte do país.

Numa visita guiada, Rui Teixeira, Customer Service Manager da IVECO Portugal, detalhou à Revista Automotive, as melhorias efetuadas na concessão de Vila de Nova de Gaia. Destaque para a área de receção oficinal, exposição de produtos, peças e acessórios originais, bem como as linhas de peças reconstruídas, a gama NEXPRO, que passam a dispor de um novo arranjo, com uma decoração e funcionalidade de acordo com os standards internacionais da marca.

Nova realidade

Rui Teixeira refere que “O cliente IVECO está habituado a ter um ambiente acolhedor e ao mesmo tempo funcional, onde haja um concentrado de produtos e acessórios da marca. Assim, renovámos e dinamizámos visualmente o espaço de exposição de produtos, dando-lhe uma nova vida e, naturalmente, destacando as peças reconstruídas, que atualmente são cerca de 28, tais como injetores, alternadores, motores de arranque, embraiagens, radiadores, centralinas.

São produtos que apresentam um custo médio de aquisição entre 30 a 40% inferior ao original, mantendo sempre as mesmas condições de garantia, ou seja, de 1 ano: seja montado na oficina seja comprado ao balcão. No entanto, os motores e as caixas de velocidades reconstruídos pela nossa marca, dispõem de uma garantia de 2 anos, o que demonstra que a IVECO tem total confiança na sua gama de produtos reconstruídos.

Agilidade

A disposição dos balcões de peças, são abertos, permitindo uma maior interação com os clientes. Nada de secretárias, tudo muito fluido e prático. Aliás, desde há um ano, evoluímos não apenas num melhor arranjo estrutural e da imagem exterior, sinaléticas desta concessão de Vila Nova de Gaia, mas sobretudo no stock e maior disponibilidade de peças e referências.

O cliente que nos procura, não quer perder tempo à espera de uma determinada peça e, assim, investimos no aumento e diversidade do stock desta concessão de Gaia. Com isto, esta unidade passa a ter o segundo maior armazém da IVECO em Portugal, dentre todos os armazéns de peças que estão sob a nossa gestão direta (onde também se incluem o de Vila Franca de Xira, Setúbal e Aveiro).

Uma outra importante medida que adotámos foi reativar o serviço de chapa e pintura. Contratámos um profissional da área de repintura, que já tinha sido funcionário desta unidade, e também incorporámos mais um chapeiro. Os resultados estão a superar as nossas melhores expectativas, pois em pouco mais de 6 meses após reativarmos estes serviços, já temos a necessidade de ampliar a equipa de chapa e pintura, pois a procura tem sido constante.

Em termos de estrutura, também reativámos a cabina de pintura que, pese embora a sua antiguidade, neste momento serve perfeitamente os propósitos iniciais de satisfazer a procura. Tem capacidade para acolher qualquer modelo da nossa gama de camiões, furgões e também de autocarros. Pela sua dimensão, conseguimos utilizá-la com dois ambientes distintos, mediante um separador central.

Equipamentos

Para além deste rearranjo do espaço e serviços, também investimos em equipamentos oficinais, sobretudo em aparelhos de diagnóstico. Praticamente toda viatura que entra na nossa oficina é submetida a uma análise através dos aparelhos de diagnóstico. Com mais equipamentos, conseguimos agilizar o atendimento tornando o serviço oficinal, quer seja manutenção ou assistência, mais eficiente para todos nós e mais rápido para o cliente.

Em termos de equipa, e mesmo com os problemas causados pela pandemia, sempre mantivemos as nossas oficinas operacionais, incluindo naturalmente esta unidade de Gaia. Agora, com a gradual retoma das atividades económicas e uma maior movimentação de viaturas, furgões e camiões, os nossos serviços de pós-venda estão a aumentar. Neste sentido, estamos a contratar mais profissionais para a área mecânica.

Profissionais

Aliás mantivemos praticamente a mesma equipa de profissionais da antiga gestão, e brevemente deveremos contratar um novo responsável para a seção de peças. Na gestão dos recursos humanos, a nossa estratégia foi manter a mesma equipa, aproveitando todo o conhecimento que estes profissionais têm da marca e dos modelos da IVECO.

Agora, sob a nossa gestão e com o fim do confinamento, daremos início a uma série de ações formativas de forma presencial, no sentido de atualizar os conhecimentos técnicos desta equipa, potencializando as suas capacidades e a ligação com a gama IVECO. São ações irão decorrer na segunda metade deste ano, com um formador específico, procurando agregar os profissionais das demais concessões e reparadores da autorizados da região norte”, destacou Rui Teixeira.

Estratégia

Por sua vez, Sandra Resende, diretora-geral da IVECO Portugal reforçou a importância da renovação desta concessão própria da marca, localizada mais a norte do país. “A nossa estratégia é estarmos sempre próximos do cliente IVECO. Por exemplo, a venda da gama pesada é feita pelas concessões que estão sob a gestão da nossa marca. Atualmente dispomos de 3 pontos de venda direta de veículos pesados, ou seja, Vila Franca de Xira, Aveiro e agora Gaia, onde queremos dinamizar está área de negócio.

Ao dispormos de uma estrutura própria de vendas nestas nossas concessões, conseguimos estar mais próximos dos clientes e também, proporcionar-lhes um serviço de pós-venda com todos os standards da nossa marca. Logicamente não iremos substituir o importante trabalho realizado, localmente, pelos nossos reparadores autorizados, até porque, no caso da gama Daily por exemplo, necessitamos de um serviço de pós-venda com grande capilaridade que somente é possível existir, através do trabalho dos nossos reparadores locais.

A concessão de Vila Nova de Gaia, que hoje estamos a apresentar totalmente renovada à Revista Automotive, é o culminar de um ciclo de expansão e modernização da nossa rede própria, em pontos chaves do país. Com esta medida, assumimos um compromisso de estarmos mais próximo dos clientes, mas sobretudo e muito importante, também mais próximos dos nossos reparadores autorizados e oficinas, promovendo um serviço mais ágil e potencialmente mais eficiente.

Investir

Historicamente, a região norte de Portugal reúne um alargado número de empresas transportadoras, muitas delas de longo curso, onde a marca IVECO já tinha um historial muito positivo nas vendas. Demos agora um passo importante na dinamização dos serviços de pós-venda. Temos a consciência que esta área foi descurada pela antiga concessão e, assim, estamos a começar uma nova fase do pós-venda da marca.

Com frontalidade e naturalidade, as nossas equipas estão no terreno a visitar os clientes da IVECO, para transmitir-lhes que renovamos a nossa unidade de Gaia, que temos mais e melhores serviços de vendas e de pós-venda. Também queremos saber quais são as suas necessidades, quais pontos deveremos melhorar e de que forma poderemos ajudá-los a serem mais eficientes na gestão das suas frotas”, salientou Sandra Resende em entrevista à Automotive.

Print article