Marcopolo – prevenir contágio por Covid19 em autocarros

by on 3 Julho, 2020 in Pesados

Marcopolo – prevenir contágio por Covid19 em autocarros

Através da empresa Marcopolo BioSafe, a fabricante de carroçarias de autocarros Marcopolo, com sede no Brasil, passa a disponibilizar soluções inéditas nos seus autocarros, onde se destacam as cortinas antimicrobianas e as luzes ultravioleta nas casas de banho (WC), e nos sistemas de ar condicionado.

As cortinas antimicrobianas, que foram desenvolvidas para prevenir o contágio e evitar a proliferação de micro-organismos, são inovadoras porque envolvem a utilização de um material “inteligente”, de baixa espessura, mais leve que o tecido convencional e que evita a proliferação de fungos e bactérias. Impede, com esta solução, a proliferação de micro-organismos, desde que haja higienização adequada, tarefa facilitada devido ao seu material base, constituído por um laminado de PVC flexível.

Inovação

Segundo Luciano Resner, diretor de engenharia da Marcopolo, a ação obtida pela cortina antimicrobiana reside na aditivação contida no material utilizado para confeção do produto. “Além disso, o processo de fabricação da cortina utiliza um método de soldagem nas suas extremidades.

Desta forma, a possível propagação de gotículas pelos orifícios da costura, é eliminada”, explicou. O responsável adianta que “é muito importante a correta higienização das cortinas com água e sabão ou hipoclorito de sódio, de acordo com a frequência de utilização do veículo”.

A cortina antimicrobiana já é utilizada amplamente na área da saúde, como por exemplo, no uso hospitalar para o confinamento de pacientes em unidades de terapia intensiva. Os dados referentes à taxa de eficiência do tecido antimicrobiano e sua eficácia, foram comprovados pelos testes laboratoriais realizados em parceria com a Universidade de Caxias do Sul (UCS).

Utilização de Raios ultravioleta

Outra solução da Marcopolo é a utilização de raios ultravioleta (UV-C) nas casas de banho dos autocarros, com eficiência superior a 99,99% na ação antimicrobiana, segundo os dados do Laboratório de Microbiologia Clínica da UCS. O objetivo é promover a biossegurança, bem como restaurar a confiança dos passageiros no transporte em autocarro.

A luz ultravioleta também está a ser utilizada no sistema de ar condicionado. A radiação UV-C emitida, devido à sua potência e ação antimicrobiana, promove a desinfeção do ar e das superfícies do dispositivo, eficaz na inativação do material genético de vírus e células bacterianas esporuladas.

De acordo com a UFSM – Universidade Federal de Santa Maria este dispositivo atingiu valores acima dos 99% na eficácia antimicrobiana.

Texto: Eduardo Gaspar   Fotos: Edypo Alaniz

Print article

WP to LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com