Palmiresíduos – gestão de pneus usados com grande expressão

by on 18 Setembro, 2020 in Pós-Venda

Palmiresíduos – gestão de pneus usados com grande expressão

No âmbito da dinamização da rede de centros de receção de pneus usados da Valorpneu em Portugal, a Revista Automotive abre espaço para divulgar as atividades da empresa Palmiresíduos – Combustíveis e Resíduos, localizada em Alijó, no distrito de Vila Real, onde dispõe de uma área de trabalho com mais de 20.000 m2, tendo sido constituída a 28 de julho de 2000, estando assim a completar os seus primeiros 20 anos de existência.

A Palmiresíduos insere-se num grupo empresarial de 4 empresas e surge pelas mãos do gerente Paulo Ferreira, empresário com uma experiência de mais de 40 anos na área dos resíduos, em conjunto com os sócios Oscar Gouveia, Oscar Manuel, Ricardo Gouveia e Ernestina Gouveia, e assume-se da visão estratégica de desenvolvimento da empresa-mãe e da necessidade existente, nesta região do país, de uma empresa deste género.

Dinâmica nacional

“Somos uma empresa de gestão de resíduos industriais perigosos e não perigosos, a operar em todo o território continental, com serviços e soluções que abrangem a recolha, transporte, triagem, armazenagem e encaminhamento para destinos autorizados de diversos tipos de resíduos”, destaca Paulo Ferreira, nesta abordagem da Automotive.

“Promovemos, junto dos nossos clientes, atuais e potenciais, uma relação comercial de proximidade assente num compromisso incondicional, sempre na procura da melhor solução ao menor custo para as necessidades específicas de cada um.  A nossa atividade assenta num Sistema de Gestão Integrado de Qualidade e Ambiente, nas Normas ISO 9001/2015 e 14001/2015, que se encontra certificado pela SGS.

Serviços e equipamentos

Toda a gestão da Palmiresíduos tem sido desafiante, mas ao mesmo tempo gratificante. Temos conseguido levar o “barco a bom porto”. Atualmente empregamos 17 pessoas, entre operacionais, motoristas e administrativas, e todos eles têm um papel fundamental na dinâmica e desenvolvimento da empresa.

Desenvolvemos a nossa atividade na gestão global de resíduos, com uma frota e equipamentos que permitem dar respostas, aos mais diversos tipos de solicitações e exigência dos nossos clientes. Estamos equipados com viaturas próprias para limpezas industriais, gestão de RCD´s, viaturas cisternas para a recolha de óleo usado, entre outros.

Para o desenvolvimento dos nossos serviços, encontramo-nos devidamente estruturados com uma equipa experiente, profissional, dedicada e qualificada, e ainda com os meios e tecnologias necessários à prossecução da atividade empresarial que desenvolvemos em todo o território continental.

Ligação à Valorpneu

A integração na Rede Valorpneu surge em 2003 e veio alterar a dimensão, elevar a imagem e otimizar os recursos materiais e humanos. O que a Palmiresíduos é hoje não pode ser dissociado da Valorpneu. A gestão de pneus usados tem uma grande expressão dentro da Palmiresíduos que gere mais de 2.000 toneladas de pneus por ano, entre pneus ligeiros, pesados e industriais, sendo o seu destino a reciclagem e valorização energética.

Como resultado desta nossa dedicação e empenho da nossa equipa, fomos por duas vezes distinguidos com o Prémio Desempenho Valorpneu, um reconhecimento atribuído à empresa Palmiresíduos pelo trabalho desenvolvido ao longo dos anos em Portugal, o que nos acalenta o desejo de querer fazer sempre mais e melhor para o nosso setor e ambiente do nosso país.

Perspetivas

A gestão da nossa empresa assenta no princípio da gestão profissional, tendo como pilares estruturais a organização e definição estratégica. Nas demonstrações financeiras à escala comum, desde há muito tempo assumimos uma preocupação financeira no ciclo conversão de caixa, bem como nos rácios financeiros de estrutura de capital, liquidez e solvabilidade.

A Palmiresíduos também ostenta com orgulho o título de PME Excelência, em função dos rácios financeiros que tem estado na base do crescimento sustentável ao longo dos últimos anos. A estratégia de gestão financeira implementada ao longo dos últimos anos, está a permitir a nossa empresa minimizar os impactos negativos na economia em consequência da pandemia.

Apesar dos constrangimentos que afetou as empresas em geral nestes últimos meses, mantivemos ativos e operacionais, contribuindo para um melhor ambiente e para o desenvolvimento social e económico da nossa região e do nosso país”, ressaltou Paulo Ferreira.

Print article

WP to LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com