Renault Trafic Van – um aliado robusto para toda a obra

by on 14 Junho, 2022 in Ensaios / Assessment, Frotas

Renault Trafic Van – um aliado robusto para toda a obra

Graças a uma cabine totalmente redesenhada, mais ergonómica e confortável, a atual geração do Renault Trafic continua a ser uma referência nos furgões médios. O novo painel de instrumentos e a implementação de novos equipamentos, vieram melhorar a vida a bordo. Destaque para o seu novo visual dianteiro, mais moderno e atraente, onde sobressaem as luzes de full LED, em harmonia com os demais modelos da marca.

No ensaio que efetuámos, o modelo furgão L1H1 equipado com motor 2.0 Blue DCI de 150 cv, revelou-se um forte aliado para o transporte de materiais para construção, onde o espaço da caixa de carga, devidamente revestida, e os pontos de fixação, foram de grande valia, quer pela facilidade de acesso, manuseamento e arrumo dos materiais, quer pela robustez do conjunto, que proporciona uma maior segurança no transporte.

Ao longo dos seus mais de 40 anos de história, o modelo Trafic tornou-se um campeão de vendas da marca Renault, com mais de 2,2 milhões de unidades utilizadas em mais de 50 países.

Conforto

Apesar da sua vocação para o transporte de mercadorias, a Renault teve o cuidado de dotar a nova geração do Trafic com determinados pormenores, como é exemplo o novo painel de instrumentos, destacado por uma linha horizontal que se estende até aos painéis das portas, proporcionando uma maior sensação de espaço a bordo. Os painéis das portas, o punho da alavanca de velocidades e as inserções cromadas também fazem parte da remodelação do modelo que, juntamente com 3 bancos espaçosos, resultam num aumento significativo na qualidade percebida.

Prático para circular e estacionar, o Trafic tem câmara de filmar traseira e sensores de estacionamento. Rebatendo o encosto do assento do meio, a cabina transforma-se num escritório móvel, com espaço suficiente para um computador portátil e um suporte giratório, de tamanho A4, para acomodar facilmente qualquer documento de trabalho.

Em termos de armazenamento, a cabina está repleta de soluções inteligentes, que facilitam a vida do utilizador, incluindo a nova gaveta EASY LIFE, num total de 88 litros – 54 dos quais localizados sob o banco do passageiro – tornando-a bastante funcional.

Tecnologia e motor

A implementação de novos recursos tecnológicos e de conectividade reposicionam o Trafic como um furgão de referência na construção, num competitivo segmento, onde as marcas francesas em geral, apresentam grandes volumes de vendas. Destaque para o sistema multimédia Renault EASY LINK, com navegação integrada. Compatível com Android Auto e Apple CarPlay, apresenta um ecrã tátil de 8 polegadas, disponibilizando um carregador de indução para smartphone, de 15W, para assegurar uma conectividade ininterrupta, durante muitas horas. O painel de instrumentos incorpora um ecrã de 4,2 polegadas colorido. Existem também disponíveis três portas USB.

Os 10 novos sistemas de assistência à condução (ADAS) estão agora disponíveis, incluindo o cruise-control adaptativo; regulador/limitador de velocidade com função ativa de travagem; comutação de máximos automática; alerta de transposição involuntária de via; alerta de ângulo morto; travagem de emergência ativa; reconhecimento de sinais de trânsito com alerta de velocidade excessiva; alerta de trajetória instável; sensores de estacionamento dianteiros e traseiros e laterais, bem como a já referida câmara de estacionamento traseira.

Para além do novo visual, espaço, qualidade de construção, equipamentos, caixa de carga e sistemas de assistência à condução de última geração, o motor Euro 6d-Full 2.0L DCI da Renault com 150cv, revelou-se acima do expectado para a tarefa de transportar diversos materiais de construção. Demonstrou suavidade nas passagens de velocidade, graças ao bom funcionamento da caixa de velocidades manual, resultando num consumo relativamente baixo apesar das suas dimensões.

Com 275 versões disponíveis, carga útil de 850 a 1060 kg (dependendo da versão), o Trafic pode ser modulado e personalizado, com adaptações feitas sob medida e ampla seleção de possibilidades de conversão, sobretudo através dos transformadores certificados pela própria Renault em Portugal.

Print article