Toyota salva a fusão entre PSA e FCA

by on 23 Dezembro, 2020 in Frotas

Toyota salva a fusão entre PSA e FCA

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) e o Grupo PSA (detentor das marcas Peugeot, Citroen, Opel e DS) obtiveram a aprovação anti-trust da União Europeia para a sua fusão, depois de ultrapassarem as preocupações dos reguladores sobre a concorrência no mercado europeu. O grande impedimento estava a ser a concentração no mercado de veículos comerciais ligeiros (VCL).

A Comissão Europeia aprovou a fusão no passado dia 21 de dezembro, sob a condição de que a PSA aumentará o seu contrato de VCL com a Toyota, aumentando assim a sua capacidade produtiva para os modelos comerciais da Toyota e, também, retirar os seus preços de transferência para os veículos, peças de reposição e acessórios.

Condicionantes no pós-venda

Outra das condições impostas pela Comissão Europeia à fusão das duas empresas, é que sejam alterados os acordos de “reparação e manutenção” para automóveis de passageiros e comerciais ligeiros em vigor entre a PSA, FCA e as suas redes de reparadores, para facilitar o acesso dos concorrentes às redes de reparação e manutenção de veículos comerciais ligeiros da PSA e FCA.

Segundo a Comissão Europeia, por exemplo, nenhuma receção específica de marca, área de espera ou entrada será exigida para clientes de VCL das marcas FCA / PSA, e não será possível qualquer proibição aos reparadores de usarem ferramentas e equipamentos PSA / FCA para reparar VCL dos concorrentes (leia-se Toyota).

“O acesso a um mercado competitivo nos VCL é importante para muitas micro, pequenas e médias empresas em toda a Europa”, referiu a comissária europeia para a concorrência, Margrethe Vestager.

A União Europeia receava que a FCA e a PSA dominassem o mercado europeu de VCL com uma participação combinada de 34% na quota de mercado, e superar assim a Renault e a Ford, cada uma com 16%, a Volkswagen com 12% e a Daimler com 10%. Segundo a Comissão, esse domínio poderia significar preços mais altos para os clientes.

Gama Toyota Proace permitiu fusão

Segundo a Bloomberg, em setembro deste ano a PSA propôs aumentar a capacidade de produção da Toyota na grande fábrica de VCL em Sevelnord (França) para conseguir a superar o obstáculo regulatório. Em Sevelnord é fabricado o comercial ligeiro da Toyota denominado Proace Van, conforme imagens acima captadas pela Revista Automotive aquando da nossa visita à fábrica.

O VCL compacto da Toyota, o Proace City Van, é fabricado pela PSA em Vigo, Espanha, onde (nos termos do acordo de cooperação) a PSA também comprometeu-se aumentar a produção e a equipá-lo com motorização 100% elétrica.

A Toyota com os seus modelos comerciais, permite assim superar o maior obstáculo à fusão PSA/FCA por parte da União Europeia, que criará o 4º maior construtor automóvel do mundo (dados da Reuters). É dado, assim, permissão para que se avance com a criação da empresa combinada entre a PSA e a FCA que será denominada Stellantis, e terá marcas como Fiat, Jeep, Dodge, Ram e Maserati, bem como Peugeot, Citroen Opel e DS.

© Fotos: Revista Automotive ©

Print article

WP to LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com