Transportes Gama comemora 75 anos a superar desafios

by on 24 Maio, 2021 in Pesados

Transportes Gama comemora 75 anos a superar desafios

As expressões “pulso de ferro” ou “nervos de aço” adequam-se à gestão da Transportes Gama, quer pela capacidade em superar os diversos desafios nestes 75 anos de existência – fundada em 1946 – quer pela grande ligação histórica da empresa à indústria do aço.

Por ocasião da comemoração desta importante data, a Revista Automotive esteve na sede da Transportes Gama e entrevistou os administradores da empresa, Luís Gama, José Gama e Pedro Gama, que surgem na foto (da esquerda para a direita), junto com os funcionários da sua sede no Seixal, tendo como pano de fundo a nova aquisição de camiões decorados com o logotipo alusivo à efeméride.

Nesta entrevista, o empresário José Gama, filho do Sr. José Luís Gama (fundador da empresa), conta-nos os mais recentes desenvolvimentos desta histórica transportadora. “Apesar de todas as dificuldades do ano de 2020, mantivemos a nossa empresa sempre ativa sendo que, inclusive, aumentámos as nossas valências: investimos numa estufa de pintura, em primeira-mão, nova, só para viaturas pesadas; num posto de carregamento de carros elétricos; na aquisição de viaturas ligeiras utilitárias elétricas; na construção de uma nova ETAR para o aproveitamento de águas provenientes da estação de serviço e, também, na compra de mais alguns camiões novos.

Renovação

Das aquisições recentes de camiões, optámos pelas marcas DAF e Scania para os modelos diesel, e pela Iveco nos camiões com motorização a Gás Natural Comprimido (GNC). A nossa frota é multimarca, diversificada e com várias opções de camiões, incluindo Mercedes-Benz, MAN e Renault.

Atualmente, contamos com cerca de 200 camiões e respetivos semirreboques. Temos por princípio renovar com regularidade a nossa frota, fazendo com que a idade média seja de 7 anos, sendo que os camiões afetos ao transporte internacional todos têm motorização Euro 6. Durante estes 75 anos de trabalho, gerimos a Transportes Gama de forma ajustada, rigorosa e eficiente, só assim se consegue a longevidade neste setor.

Neste sentido, incorporámos à nossa frota alguns camiões com motorização a GNC, sendo que grande parte da nossa frota de automóveis ligeiros já são 100% elétricos. Queremos contribuir para um futuro ambientalmente mais sustentável e melhor para as novas gerações.

Gestão

A Transportes Gama iniciou as suas atividades com o meu pai, Sr. José Luis Gama, inicialmente com produtos alimentares, seguiu-se a aquisição da nossa primeira viatura e depois o alargamento para a área do transporte de aço. Fomos a primeira transportadora da Siderurgia Nacional e, desde então, temos transportado ferro e aço para as maiores obras públicas e privadas em Portugal, como barragens, pontes, centros comerciais e muitas outras.

O mesmo se passa a nível internacional, onde começámos a atuar em 1978/79. Desde então, temos mantido em carteira, clientes de renome que são dos maiores produtores mundiais no segmento da siderurgia. O nível de exigência que temos é regido pelos mais elevados standards internacionais deste setor.

Continuidade

A atual terceira geração da família, ou seja, os meus três filhos, mantêm a boa dinâmica e filosofia da nossa empresa. O meu filho, Luís Gama, dinamiza há vários anos as operações da nossa frota, e está sempre pronto para aceitar um novo desafio, como foi o caso do teste realizado ao novo MAN TGX pela Automotive, numa altura em que se registou um nevão sem precedentes em Espanha, dando todo apoio e suporte logístico.

O meu outro filho, Pedro Gama, é responsável por toda a gestão de informação da empresa, também estando sempre ativo para novos desafios, como foi o caso do evento Revista Aberta dinamizado pela Revista Automotive, quando ele participou como orador expondo, naquela altura, a necessidade de valorização dos motoristas de camiões, declarações que lhe valeram o Prémio Novas Lideranças de 2018.

Apesar de ainda esta a concluir a sua formação numa área de engenharia, a minha filha Inês Gama, participou muito ativamente nos novos projetos da empresa. Conjuntamente, a nova geração, complementa-se em todas as áreas da empresa o que é uma garantia de futuro”.

Orgulhoso pelos 75 anos da Transportes Gama e pelo facto de ter mantido o rumo e gestão da empresa nas mãos da sua família, José Gama faz questão de ressaltar que “a presença das gerações mais novas, à frente das empresas do setor dos transportes, já não é tão evidente no nosso país.

Contudo, os meus filhos Luís, Pedro e Inês, têm dado os passos certos e estou orgulhoso do percurso realizado por todos eles, felizmente por opção própria e não por imposição familiar. Eles também conseguiram implementar uma relação de confiança, proximidade e simplicidade, com os nossos clientes, parceiros de negócio e, fundamentalmente com cada funcionário e motorista desta empresa.

Dedicação

Por mais que as coisas possam-se alterar no futuro, e sei que vão-se alterar, são as pessoas que continuarão a fazer a diferença no rumo das empresas. Apesar da nossa frota e das amplas instalações que dispomos, o nosso verdadeiro património são os nossos funcionários. São profissionais extremamente dedicados, sendo que muitos deles já trabalham a algumas décadas na nossa empresa, o que demonstra a confiança que têm pelas pessoas que estão à frente da Transportes Gama.

Apesar de termos dois polos logísticos com uma considerável distância entre eles (Seixal e Ovar), tratamos todos os funcionários de forma igual, sem distinção entre norte e sul, porque no fundo todos contribuíram para alcançarmos este marco tão importante dos 75 anos de história da nossa empresa. Sem eles não estaríamos aqui hoje.

Claro que honra se faça ao meu pai que iniciou o negócio, e daí fazermos questão de aparecerem de uma forma simbólica os funcionários (naturalmente não estão todos na foto) nesta comemoração, algo que certamente ele gostaria de ver. E é com todos que objetivamos o futuro: com otimismo e sentido de responsabilidade” conclui José Gama.

Na imagem de grupo, realizada nas instalações do Seixal, foram cumpridas as regras do distanciamento para se retirarem as máscaras. A proximidade visual, é um efeito do tratamento da edição.

Print article

WP to LinkedIn Auto Publish Powered By : XYZScripts.com